Decoração com acessibilidade para Quarto: Dicas de acessibilidade

Deseja colocar uma decoração com acessibilidade no seu quarto? Gostaria de saber mais sobre o assunto? Vamos te ajudar com dicas bem interessantes de decoração para que os quartos da sua casa possibilitem autonomia e segurança a todos.

PUBLICIDADE

Cada vez mais as pessoas buscam inserir as pessoas com deficiência na hora de fazer as suas construções o que é essencial na nossa sociedade, essas medidas tornam o cotidiano dessas pessoas mais fácil.

Quer aprender como decorar um quarto de modo a trazer acessibilidade? Vem com a gente que esse artigo é para você! Vamos dar dicas de qual decoração usar, falar sobre meios que vão facilitar o dia a dia dessas pessoas tão especiais.

quarto com acessibilidade

PUBLICIDADE

O que é um quarto com acessibilidade?

Um quarto com acessibilidade é aquele em que alguns detalhes devem ser observados para que a pessoa que vai utilizá lo tenha possibilidade de mobilidade e autonomia.

A acessibilidade é essencial no dia a dia de uma pessoa com deficiência, fica muito difícil ter uma vida normal sem um planejamento adequado, muitos são os obstáculos e para eles um simples degrau pode dificultar muito.

Cuidados como altura das janelas de modo que não passem de 1,35 m e que a cadeira de rodas possa encaixar em mesas e escrivaninhas. Uma boa ideia é de se colocar prateleiras mais baixas de modo que a pessoa tenha acesso a todos os objetos da casa, de modo a facilitar o dia a dia.

PUBLICIDADE

Pensando nisso a engenharia e arquitetura evoluíram muito nos últimos anos, buscando dar mais qualidade de vida a essas pessoas o que é mais que justo.

Quando o assunto é acessibilidade ela deve estar disponível para todos, desde aquele parente mais idoso a crianças, aos deficientes visuais, surdos, deficientes físicos, de cadeira de roda ou muleta. 

Ou seja uma casa com os devidos cuidados para que todos possam viver bem, sem passar por dificuldades e constrangimentos. a largura das portas devem ser de no mínimo oitenta centímetros, as maçanetas de alavanca tudo para que todos participem da inclusão.

Decoração com acessibilidade de Quarto adaptado para Idosos

O primeiro detalhe é que seja no primeiro andar para evitar do idoso ter de subir escada, evitar que o idoso caia na escada, depois os pisos devem ser antiderrapante para evitar quedas, móveis com espaço para circulação, janelas baixas de modo que o idoso consiga abrir sem problema e portas largas, tudo para facilitar o cotidiano.

Nas paredes podem ser fixados barras de apoio para facilitar a locomoção, busque por enfeites de pano ou plástico de modo que em caso de acidentes não cause cortes e danos ao idoso.

Quarto adaptado para idoso

Decoração com acessibilidade de Quarto Adaptado para cadeirante

Em relação ao andar deve ficar no primeiro pelo mesmo motivo do idoso evitar subir escada, só que nesse caso mais ainda devido às limitações que a cadeira traz, às portas móveis e armários devem ter uma distância que dê para cadeira passar com folga, deixe tudo acessível às mãos, armários mais baixos.

Nichos mais baixos de modo que a pessoa mesmo pegue os objetos e organize com facilidade, para decorar o espaço vazio coloque um papel de parede um desenho.

Nas paredes podem ser fixados barras de apoio para facilitar a locomoção, busque por enfeites de pano ou plástico de modo que em caso de acidentes não cause cortes e danos ao idoso.

Uma dica é colocar um local próprio para guardar a cadeira é preciso pensar na autonomia do cadeirante de modo que ele viva com qualidade e sem empecilhos, tenha um quarto com zero degraus, se necessário introduza rampas tudo para trazer qualidade de vida.

quarto adaptado para cadeirante

Quarto adaptado para deficiente visual

Marcadores de chão e placas braille são dois itens que não podem faltar para deficientes visuais para que eles possam se orientar no ambiente e andar com segurança.

Os quartos devem ficar no primeiro andar para evitar muito esforço e acidentes, nesse caso menos é mais, colocar somente o necessário, nada de muito enfeites e objetos, só os de uso pessoal, com marcas e relevos identificando cada um.

É importante também que sejam amplo de modo que a locomoção seja facilitada, o braille é muito importante para identificar móveis e objetos.