Dicas de como perder barriga: Com hábitos saudáveis tenha uma barriga seca

A gordura localizada por ser a grande inimiga de muitos, como de mulheres e homens. A barriguinha nem sempre é fácil de ser perdida, pois algumas vezes algumas pessoas têm o metabolismo mais lento e assim prejudicando a perda da gordura. 

A barriga indesejada muitas vezes é causada por má alimentação, ou uma perda de peso repentina mas que sobrou um pouco de gordura em uma parte mais difícil do abdome. 

Se você quer perder essa barriga que está dando trabalho, aprenda conosco várias dicas que irão lhe ajudar neste processo de perda de peso. 

Chá verde: 

Além da ingestão frequente da água, é indicado o uso do chá verde, pois o chá verde 

possui catequinas que ajudam a secar a barriga, ou um chá diurético como por exemplo, a mistura de dente-de-leão com chapéu-de-couro e salsaparrilha, que ajuda a eliminar o excesso de líquidos do corpo, desinchar a barriga. Que é o objetivo. 

Caminhada: 

Um hábito bem simples que não tem custo algum e pode trazer grande benefício para a saúde. A caminhada além de ajudar na perda da gordura localizada pode super ajuda na circulação sanguínea que também pode gerar inchaço indesejável. 

Alimentação: 

Para comer bem é preciso fazer pequenas refeições de 3 em 3 horas que não é algo impossível, investindo mais em legumes, verduras e cereais.

Comer fibras em todas as refeições é uma ótima saída para não ficar com fome em outros momentos do dia.

Anotar tudo o que come, fazendo um registro alimentar, ajuda a ter mais noção de tudo o que está comendo, e assim, controlar a caloria ingerida durante o dia. Veja abaixo uma receita simples que irá te ajudar na perda da barriga. 

Modo de fazer:

Bata 1 iogurte desnatado e 1 xícara de arandos vermelhos no liquidificador.

Quando ingerir:

Esta combinação é excelente para o lanche da tarde ou quando acompanhada por granola para um café da manhã completo e nutritivo.

Massagem: 

A massagem com cremes redutores pode ser uma ajuda na perda de peso, mas não pode ser feito unicamente sozinho, pois, assim não terá o resultado 100% positivo. Por isso, combine com um exercício físico. 

A massagem redutora é importante por fazer a eliminação das toxinas através da urina assim evitando a gordura localizada e a velhice precoce.  

Evite comida congelada ou processada:

Não coma comida processada que traz facilidade no dia a dia, como lasanha congelada, almôndegas prontas, bolos de caixinha, cookies e barrinhas de cereais industrializadas, pois elas contêm muitas toxinas  como o sódio e favorecem o acúmulo de gordura principalmente no abdômen. 

Bebida alcoólica nunca mais: 

A bebida alcoólica exagerada é um dos grande fatores que ajudam a ter o acumulo da gordura. Então tente evitar ao máximo este tipo de bebida, se possível substitua com sucos naturais, pois assim você verá o resultado em pouco tempo. 

8 horas de sono: 

Há estudos de que dormir de sete a oito horas por noite pode prevenir a obesidade de homens e mulheres.

Pesquisadores da Universidade de Warwick, localizada na Inglaterra, analisaram a rotina de 15 mil adultos e descobriram que a falta de sono estava associada a um risco quase duas vezes maior de se tornar obeso. 

Isso quer dizer que quanto menos a pessoa dorme, maior é a sua porcentagem de massa corporal e a circunferência da cintura ao longo dos anos.

Isso acontece, em razão das mudanças hormonais produzidas pela privação de sono. Então não perca mais tempo e organize seu sono o mais rápido possível. 

Vá ao banheiro sempre que possível: 

A prisão de ventre é uma das maiores causas do inchaço e muitos não sabem que este é o verdadeiro motivo, quanto mais enrolamos para ir ao banheiro pior é o inchaço e o funcionamento do intestino. 

Procure um profissional: 

Nunca é indicado a perda de peso sem a ajuda de um profissional de saúde, pois ele irá passar a dieta ideal para a sua porcentagem de gordura, assim tendo efeitos mais positivos. Nada de dietas milagrosas ou loucas como ficar horas e horas sem comer. Se possível vá em um educador físico, nutrólogo e nutricionista.

Diminua o sal:  

Não exagere no sal da comida, inclusive para temperar a salada, pois o sódio é um dos principais fatores que estimulam o inchaço a retenção de líquido, além de fazer mal para o colesterol que afeta o coração.