Dicas de nutricionista para perder barriga: Tudo que você precisa saber!

Nos dias atuais muitas pessoas procuram diariamente ter uma vida mais saudável como a alimentação. 

Mas nem sempre é tão fácil ter uma boa alimentação ou até mesmo uma dieta, e por isso a perda de gordura localizada no abdome nem sempre é possível. 

Se você está com uma barriguinha que está super te incomodando, você veio ao lugar certo! Neste post vamos dar várias dicas que vão lhe ajudar a perder os quilos que você tanto deseja.

Beba água:

Todos nós já sabemos que beber água gera vários benefícios para o nosso corpo, e um desses benefícios e a sensação menor de fome e retenção de líquido quase zero. Pois quanto mais bebemos água, mas urinamos e assim tiramos todas as substâncias negativas que está prejudicando o corpo. 

O que você pode beber: Água, água de coco, sucos naturais sem açúcar adicionado (não servem os sucos de pacote), chás sem açúcar;

O que você não pode beber: Refrigerantes, sucos de caixinha ou em pó, achocolatados e bebidas alcoólicas.

Especialistas indicam que é necessário beber pelo menos de 2 a 3 litros por dia de água. Beba aos poucos, assim você não terá dificuldade em beber esta quantidade. 

Exercício físico: 

É certo que para perder a gordura localizada na barriga é preciso fazer exercício físico regularmente, pelo menos 3 vezes na semana. Além, da perda de peso, o exercício físico traz grande benefício para a saúde em geral. Dando mais gás nas tarefas de casa e no trabalho. 

Se você não tem condições de pagar uma academia, faça caminhada ou algum tipo de corrida, que desta maneira você já vai estará atingindo sua meta. 

Prazo de alimentação: 

Ficar muitas horas sem comer não traz benefício nenhum para o nosso corpo, pois quando ficamos muitas horas sem alimentação acabamos comendo coisas calóricas. 

Sempre é indicado refeições de 3 em 3 horas como nestes exemplos abaixo: 

  • Tenha sempre meio punhado da mão na bolsa castanhas, amendoim, frutas naturais, lascas de coco ou frutas secas;
  • No trabalho ou em casa sempre deixe 1 iogurte natural integral na geladeira;
  • Use petiscos baseados em legumes ao chegar em casa enquanto prepara o jantar: palitos de cenoura, pepino com abacate amassado e temperado com sal e pimenta, tomate em cubos grandes com uma pitada de sal e azeite, lascas de coco ou 1 ovo cozido.

Evite refrigerante: 

Não é segredo, quem procura uma boa alimentação deve evitar sempre este tipo de bebida, pois, devido ao alto conteúdo de açúcares, corantes e substâncias químicas que atrapalham o bom funcionamento do nosso organismo. E isso não é algo que queremos. 

Pratos coloridos: 

Quanto mais colorida uma refeição, mais saudável ela tende a ser. Cenoura, alface, espinafre, pimenta e tomate, por exemplo, possuem cores marcantes e são ótimas escolhas! Além de serem super deliciosas. 

Alimentos em conserva: 

Este tipo de alimentação é super proibida, por conta dos conservantes e o alto nível de sódio que é o grande inimigo da nossa saúde. Então é proibido em sua alimentação diária.

Coma sem pressa: 

Adquira o hábito de mastigar lentamente, sem pressa. Comer devagar fará com que você tenha tempo suficiente para perceber quando deve parar e se está satisfeito. E proporcionará ainda uma melhor digestão da alimentação, além de fazer com que você aprecie melhor os alimentos.

Evite remédios milagrosos: 

Nunca acredite que uma pílula pode substituir sua alimentação e que ela faça milagre, estas pílulas foram feitas apenas para lhe enganar e de dar uma sensação que está funcionando.

Tenha um profissional sempre: 

Em um processo de emagrecimento envolve o trabalho de diferentes tipos de profissionais. Vá a um nutricionista de boa confiança para elaborar uma dieta apropriada aos seus objetivos; consulte um médico antes de iniciar qualquer atividade física e conte sempre com a orientação de um educador físico para realizá-la.

Fritura: 

Os nutricionistas destacam que as frituras são as principais vilãs das dietas de quem busca emagrecer e perder barriga. Então evite sempre coxinha, empada, frango frito entre outros. Tente substituí-los por carnes assadas ou peito de frango. 

Água antes da refeição: 

Ter o costume de beber um pouco de água, cerca de meia hora antes de comer, ajudar um pouco na saciedade. Mas tente evitar beber altas quantidades, para não causar um atraso na digestão da alimentação recém feita.