Dicas Para Definir o Abdômen: Tenha uma barriga trincada com essas dicas

Cada dia que se passa está mais comum a procura por uma boa saúde e um corpo saudável e bonito, e algo que todos procuram é um abdômen definido e sem gordura.

Com isso, ter dicas para definir o abdômen é importante para que seja integrada a sua dieta ou treino. 

Mulher fazendo abdominal para definir o musculo

O verão está super perto, e com ele a vontade de perder uns quilos vem a tona. Se você está passando por este processo veja abaixo várias dicas que irão deixar o seu abdômen sequinho.

Atividade aeróbia 

Atividades como caminhada acelerada, corrida, ciclismo e natação, não tem muito resultado no abdômen , pois não adianta ficar horas correndo, pedalando ou pulando corda, a atividade deve ser monitorada com uma freqüência cardíaca ideal.

A caminhada acelerada normalmente oferece um nível de FC adequado para a queima de gordura, mas esse índice é variável de pessoa para pessoa. Então consulte um profissional antes de fazer algum exercício físico.

Use pesos:

Na academia já é indicado o uso de pesos entre 10 a 20 kg para dificultar um pouco a flexão do tronco durante a abdominal e deste modo forçando o abdômen.

Neste caso também é indicado poucas repetições pois nem sempre o exagero vai lhe dar resultados positivos. 

Evite doces e guloseimas:

O abdômen começa a ser definido no prato e em casa! Evite doces, refrigerantes e alimentos que causam estufamento abdominal.

No começo será uma tarefa árdua, mas com a prática e o automatismo você nem sentirá falta em uma determinada época da sua dieta. 

Paciência sempre:

Pois existem muitos casos que o abdome é o último a se perder gordura, principalmente nos homens, irá ocorrer um processo em todo o seu corpo, com perda de gordura nas costas, coxas e glúteo, ai sim, depois irá ocorrer a perda no abdômen. 

É importante não decidir quando se entra na academia, todo o processo é algo lento que precisa de paciência e dedicação. 

Combinação de aeróbico e musculação:

Para queimar gordura, invista na dieta estruturada com a ajuda de um profissional nutricionista. No treino, a mistura de musculação com os exercícios aeróbicos ajudará na queima de gordura, melhora o condicionamento e acelerará o metabolismo.

É indispensável combinar bem a nutrição com a rotina de treinos, com disciplina e foco.

Alterne os tipos de abdominal:

Nada adianta ficar na mesmice de exercício e com a mesma carga, pois desta forma o músculo vai “acostumar” e não irá gerar resultados.

Além disso, com apenas um exercício não é possível trabalhar todo o abdome. Faça vários tipos de abdominal como infra, oblíquo, em barra e muito mais. 

Boa alimentação:

Além dos alimentos que causam o estufamento, tente se encaixar em algum tipo de dieta com bastante fibra e nutrientes, coma a cada 3 horas para que não ocorra o acúmulo de gordura no corpo. 

Vá ao banheiro:

Mesmo não parecendo algo que influencia, a falta de idas no banheiro pode gerar desconforto abdominal e assim ocorrendo também o inchaço.

Se possível vá ao banheiro todos os dias, vale relembrar que para ter um intestino com bom funcionamento, a alimentação conta muito nessas horas. 

Beba chá verde:

Beber um copo de chá verde antes de cada refeição ajuda a emagrecer. Aliado a uma dieta balanceada, o chá permite benefícios como sensação de saciedade, aceleramento do metabolismo, melhoramento da digestão e combate o colesterol, além de ter efeito antioxidante para todo o corpo. A dose diária ideal é de até quatro xícaras de chá por dia ou 600 ml.

Retire o álcool:

O álcool pode ser um dos grandes vilões para você ter um abdômen saliente, pois o mesmo pode contribuir para o aumento da taxa de colesterol, o nível de glicose e o teor de gordura do fígado.

Use óleo de peixe:

O alimento auxilia na perda de peso e pode ser incluído em vários tipos de refeições, é rico em vitamina D e ajuda na absorção de nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo como um todo.

De modo prático, ajuda a pele a ficar mais firme e limpa e reduz a compulsão por doces e alimentos mais gordurosos.

Pode ser consumido em cápsulas ou em modo líquido, mas vale ressaltar que é preciso ser orientado por uma nutricionista antes do uso.