Dicas para incentivar o seu filho estudar

Publicidade

Com as influência da internet Tv, videogame e entre outros. É muito difícil na maioria das vezes fazer o filho ter mais interesse pelo os estudos. 

Publicidade

Muitos adolescentes e crianças tem um certo desinteresse em estudar, acha que aquilo não tem importância naquele momento, e isso está muito errado. É de grande relevância que os pais ajudem na educação dos filhos, principalmente nos deveres da escola. 

Se você está passando por este tipo de problema aprenda conosco a incentivar os seus filhos, e assim, fazê-los ter mais gosto de estudar.

Publicidade

Fale da importância: 

Publicidade

O seu filho entende a grande importância dos estudos ou ele acredita que estudar só é necessário para tirar boas notas nas provas e passar de ano? É normal que, pela sua pouca idade e entendimento, ele não consiga avistar os efeitos que a educação pode proporcionar ao seu futuro. Por essa razão, acaba pensando que estudar nada mais é que uma tarefa “chata”.

E este tipo de pensamento pode influenciar tanto que muita das vezes algumas crianças saem da escola por falta de interesse. Tente o máximo conversar com o seu filho, explique a importância dos estudos no presente como no futuro.

Fale com ele o futuro que ele pode ter através das idas a escola e quando se faz o dever de casa. Deste modo, você irá ajudar o seu filho ter mais interesse e ânimo. 

Publicidade

Ajude: 

Mostre que você estará sempre em prontidão em todo problema que surgir, como os deveres de casa e dúvidas que quase são impossíveis de ser resolvidas por uma criança.

Publicidade

Mas é importante respeitar o espaço da criança, não cobre demais, não o diminua pois isso é de grande importância. 

Publicidade

Rotina:

A criança deve perceber que é muito mais vantajoso estudar um pouco por dia do que deixar para estudar na última hora, na véspera de uma prova, por exemplo. Estudar por uma hora diariamente é uma ótima forma de aprendizado e garante que esse hábito seja construído aos poucos.

Espaço para o estudos: 

Nem todos os pais entendem que é preciso ter um cantinho para que a criança se concentre, ainda mais que existem muitos que não consegue focar quando se tem muito barulho em volta. 

Separe um canto no quarto da criança com uma mesa e canetas para que ele possa se sentir motivado e tem o estímulo para estudar sozinho. 

Mostre o avanço: 

Muitos estudantes desistem do estudos por achar que não está progredindo, então mostre ao seu filho como ele está estendendo a matéria, de parabéns sempre que acertar. 

Notas:

Se o seu filho tirar uma nota que não era esperada como notas vermelhas, incentive a criança a continuar e seguir em frente.

Você não pode cometer o erro de comparar a capacidade de uma criança com outra, como um irmão ou o filho de uma pessoa próxima que tire notas melhores. Lembre-se que cada criança tem seu próprio tempo de aprendizado. Não o julgue. 

Reuniões: 

As reuniões podem fazer o seu filho ter mais interesse pelo os estudos, pois ele observa que os seus pais estão querendo participar mais da vida acadêmica do seu filho. 

Como perceber que seu filho está desinteressado:

Com a correria do dia a dia, nem todos os pais percebem que o filho está desinteressado pelo os estudos, é importante ficar atento em alguns sinais, como: 

  • Não tem interesse por realizar nenhuma atividade escolar.
  • Mostra-se apática e com falta de energia.
  • Não se mostra aberto para coisas novas.
  • Não sente atraído por nenhum passatempo ou atividade.
  • Parece ser uma criança preguiçosa.
  • Não tem iniciativa para fazer tarefas sozinha. Faz apenas aquelas que são exigidas.
  • Não parece ficar feliz com nenhuma atividade feita.
  • Faz tudo muito rápido para tirar do caminho.
  • Não sente interesse por nada que acontece ao seu redor.
  • Não tem vontade de fazer as coisas direito.
  • Tem a sensação de que não é compreendido pelos os familiares.
  • Não sabe o que as pessoas com quem convive esperam dela.
  • Não sente que seu esforço é valorizado.

Se o seu filho tem algum desses sinais citados, sente e converse, pergunte o que está acontecendo, e tente motivá-lo para mudar este hábito e sempre oferecendo ajuda. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here