Empréstimo e cartão BNDES: até R$ 20 mil para MEI

Publicidade

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) oferece uma linha de até R$ 20 mil para os pequenos empreendedores. Quer saber mais? Confira os detalhes abaixo. 

Publicidade

Como funciona um empréstimo para PJ?

O empréstimo para pessoa jurídica é similar ao crédito para pessoas físicas. Assim, a empresa abre uma conta no banco e, conforme o perfil do negócio, são liberados limites de crédito para o CNPJ.

As condições da proposta vão variar conforme o perfil e categoria da empresa e determinar as taxas de juros, parcelamento e demais condições de pagamento. 

Como funciona o empréstimo BNDES?

O BNDES disponibiliza um serviço especialmente para os pequenos empreendedores (MEI). O empréstimo é destinado para as pessoas físicas e jurídicas de pequeno porte. Para ter acesso, é preciso ter uma receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil por ano. 

Publicidade

A taxa de juros é de 4% ao mês, incluindo todos os encargos. Há também uma cobrança administrativa de até 3% sobre o valor financiado. O Microcrédito do BNDES pode ser usado para capital de giro e para investimentos, como em obras civis, aquisição de máquinas e equipamentos e compra de insumos.

Cartão BNDES

O cartão BNDES MEI faz parte da linha de crédito para MEI tem parceria com diversos bancos, dentre eles:

  • Itaú;
  • Banco do Nordeste;
  • Santander;
  • Banrisul;
  • Sicredi;
  • Bradesco;
  • Santander;
  • Sicoob.

Portanto, se a sua proposta de empréstimo for negada por um banco, é possível optar pelo cartão BNDES MEI.

O cartão está disponível para pessoas jurídicas enquadradas na categoria de MEI. Assim, o limite de faturamento é R$ 81 mil. Para solicitar é preciso estar em dia com as certidões negativas de débitos e possuir um certificado de regularidade do FGTS e da RAIS.

Publicidade

O limite do cartão pode chegar a R$ 2 milhões e oferece parcelamento máximo de 48 meses, além de uma taxa de juros pré-fixada. Dentre as principais vantagens do cartão estão:

  • Não há cobrança de mensalidade ou anuidade;
  • As taxas de juros são mais acessíveis;
  • Os cartões emitidos com a bandeira Visa oferecem benefícios, como o programa Vai de Visa.

Vale a pena contratar?

O crédito do BNDES foi criado para facilitar o acesso de microempreendedores a produtos financeiros. Ele oferece taxas de juros mais acessíveis do que outras modalidades de crédito PJ, parcelamento máximo em 48 meses e limite de até R$ 2 milhões. Portanto, se o crédito for interessante para o seu negócio e você se encaixar no perfil de crédito, sim, o crédito vale a pena.

Serasa eCred: o que é e quais são as vantagens?

Como solicitar?

Para solicitar essa linha de crédito é preciso abrir uma conta vinculada ao seu CPF ou CNPJ no site gov.br. A partir disso, o pedido deve ser feito através do canal MPME na seção de “microcrédito (até R$20 mil)”. 

Será preciso informar ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social o valor desejado e qual o faturamento acumulado dos últimos 12 meses, além do número do seu CNPJ para que seja feita a análise.

SAIBA MAIS!