Empréstimo para MEI (Micro Empreendedor Individual) – Como conseguir

Empréstimo para MEI – Como conseguir

Publicidade

O cadastro no MEI (micro empreendedor individual), facilita muito a vida das pessoas que trabalham por conta própria e desejam ter acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria, entre outros.

Publicidade

Com o MEI, é gerado um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) o que facilita abertura de uma conta bancária e  possibilita a concessão de um empréstimo.

O empréstimo para MEI é muito solicitado devido as condições especiais  dessa linha de crédito. É uma ótima opção para quem quer investir no negócio, pois os juros são muito mais baixos que as demais linhas de crédito oferecidas para empreendedores.

Publicidade

Apesar de não ter nenhuma lei que obrigue as instituições financeiras a disponibilizarem ou manterem linhas de crédito para o MEI, o empréstimo para MEI é uma linha de crédito oferecida por diversas instituições financeiras. Dentre elas se destacam a Caixa, o Banco do Brasil, o Banco do Nordeste, O Banco da Amazônia e o BNDES.

Empréstimo para MEI – Banco do Brasil

Publicidade

O Banco do Brasil oferece ao microempreendedor individual o MOP, Microcrédito Produtivo Orientado. Nessa linha de crédito, o MEI pode melhorar o fluxo de caixa ou realizar investimentos necessários para expansão.

O valor disponível para empréstimo e o prazo para pagamento são definidos durante a contratação do MOP. O prazo para pagamento pode ser de até 18 parcelas.

Publicidade

Para solicitar o MOP, o MEI deve ser correntista do BB e apresentar os seguintes documentos:

Certificado de Condição o Microempreendedor Individual (CCMEI) e/ou Certidão Simplificada da Junta Comercial;
Documento de Identidade;
CPF;
Comprovante de endereço residencial do MEI.

Publicidade
Publicidade

Para concessão do crédito, o banco irá fazer uma análise de crédito, pode ou não solicitar a apresentação de uma garantia pessoal de terceiros. Além disso, um agente especializado irá visitar o local do empreendimento para conhecer o negócio, coletar informações que irão integrar a avaliação da capacidade de pagamento e necessidade do empreendimento.

Empréstimo para MEI – Caixa

A Caixa econômica federal disponibiliza uma linha de crédito especial para o microempreendedor individual, com condições e tarifas diferenciadas.

Para solicitar um empréstimo para MEI na Caixa, é necessário ser correntista, comparecer a uma agência e preencher uma ficha onde será declarado o faturamento e as despesas do MEI,  essa ficha é a “Ficha de cadastro microempreendedor individual”. Além disso,  O MEI deve levar alguns documentos. São eles:
Certificado de Condição o Microempreendedor Individual (CCMEI) e/ou Certidão Simplificada da Junta Comercial;
Documento de Identidade;
CPF;

Comprovante de endereço residencial do MEI.

Empréstimo para MEI – Banco do Nordeste

No Banco do Nordeste existe o Programa do FNE (Programa de Financiamento às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte e ao Empreendedor Individual). O objetivo desse programa é fomentar o desenvolvimento dessas microempresas e disponibiliza ao MEI uma linha de crédito especial que cede até 100% do investimento necessário, limitado a R$ 20.000,00, com prazo de até 36 meses para pagamento, com carência de até 2 anos.

Pra solicitar esse tipo de empréstimo, é necessário ir a uma agência do Banco do Nordeste,  ter cadastro e limite de crédito aprovado no banco.

Empréstimo para MEI – BNDES

O Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) também disponibiliza um microcrédito para MEI, sem burocracia, mas tem algumas regras. Nesse tipo de transação, não são exigidas garantias reais. Assim como o prazo, as garantias também são negociadas diretamente pelo cliente com o agente operador.

As taxas de abertura de crédito pode ser cobrada no ato de abertura, não podendo exceder 3% do valor financiado. Já as taxas de juros, não podem ultrapassar $% ao mês.

Para concessão do crédito, serão analisadas as condições de financiamento e o perfil do solicitante.

No site do BNDES, o interessado pode consultar  onde e quais instituições financeiras  ou agentes operadores disponibilizam esse tipo de crédito  Basta clicar em : Apoio Financeiro > Programas e Fundos > Programa de Microcrédito > Lista de agentes operadores de recursos ao microempreendedor

Dicas importantes para o MEI não ter problema com o empréstimo

Antes de tudo, planeje, o planejamento é uma etapa muito importante do processo de empréstimo. Ter crédito é muito bom, mas pagar as parcelas em dia, é ainda mais valioso.

Antes de solicitar um empréstimo, o MEI deve analisar a real necessidade, fazer uma planilha de negócio, onde irá separar as entradas e retiras de caixa. Separando seu orçamento pessoal do profissional, para saber se será possível investir no capital de giro ou na ampliação do seu negócio. Estudar se a parcela irá caber no orçamento, o que irá evitar inadimplência e problemas futuros.

Esse controle financeiro deve ser feito a todo momento. Com isso o empreendedor passa a ter segurança, tranquilidade, reduzindo os riscos e sabendo de fato se seu negócio está dando lucro ou não.