MOTOS DE LEILÃO: DÊ LANCES EM MOTOS APREENDIDAS

Pensando em comprar motocicleta barata? Uma boa alternativa está nas motos de leilão, que podem apresentar preços bem abaixo dos praticados no mercado, inclusive em modelos mais novos e de muita procura, resultando em uma grande economia.

links patrocinados

Os leilões de veículos acontecem em todo o Brasil, ao longo do ano, trazendo muitas opções de negócios para quem possui interesse em pagar menos na hora de comprar um automóvel. Além das motos e carros de passeio, eles também podem incluir caminhões, ônibus, reboques e outros tipos de veículos.

Esses eventos são realizados por empresas de leilão, pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), pela Receita Federal e pelos governos (municipal, estadual e federal), entre outros organizadores, normalmente envolvendo motocicletas que possuem algum tipo de restrição.

links patrocinados

COMO FUNCIONA

Os leilões de motos apreendidas são como qualquer outro tipo de leilão, ou seja, é anunciado previamente um edital com as motos a serem leiloadas, e na hora do evento os participantes dão seus lances a partir de um valor mínimo preestabelecido.

links patrocinados

Quem dá o maior valor acaba levando a moto para casa e pode usá-la normalmente, caso ela possua condições de voltar para as ruas, desde que sejam quitadas todas as irregularidades (multas de trânsito, taxas do Detran etc), ou então desmontá-las e vender as peças em boas condições, se for sucata.

Existem os leilões presenciais e os leilões online, além de alguns que misturam as duas modalidades. De maneira geral, eles são abertos a toda a população (pessoas físicas e pessoas jurídicas), a não ser que haja algum tipo de restrição (há leilões só para pessoas físicas e outros só para empresas, por exemplo).

Os interessados em participar precisam se cadastrar junto à empresa leiloeira com antecedência, para que possam dar seus lances na hora do evento.

 

TIPOS DE MOTOS LEILOADAS

De motos seminovas e prontas para rodar a modelos que servem apenas para sucata. É possível encontrar de tudo nos leilões de motos apreendidas, incluindo marcas importadas e versões que chegam a custar mais de R$ 100 mil nas concessionárias.

Geralmente há motocicletas dos mais variados modelos, marcas e ano de fabricação, apreendidas pela fiscalização devido a irregularidades na documentação ou infrações de trânsito. Também há aquelas recuperadas após terem sido roubadas e as que vão parar nos pátios do Detran ou da polícia após acidentes de trânsito.

links patrocinados

No caso das sucatas de motos, elas são destinadas ao ferro velho, mas em alguns casos é possível retirar determinadas peças e revendê-las, dependendo da situação em que elas estejam.

Para evitar qualquer surpresa é fundamental visitar os lotes de motocicletas para leilão antes do evento, pois nesse momento você confere a real situação do veículo, para ver se vale a pena investir nele. Caso haja pendências, você precisa resolvê-las antes de levar a moto.

COMO PARTICIPAR

links patrocinados

Se você quer dar lances em motos apreendidas, basta ficar atento ao calendário de leilões e seguir os passos acima (ler os editais, se cadastrar, fazer a visitação prévia e estar presente na hora do evento ou participar via internet).

A melhor dica é ficar atento à divulgação das notícias sobre motos de leilão e também acessar os sites do Detran do seu estado, da Receita Federal, da prefeitura da sua cidade, do governo estadual e das Polícias (Federal, Rodoviária Federal etc).

Os editais de leilões de motos são divulgados com antecedência, trazendo todas as informações.