TV a cabo pré-paga: Vale a pena? Como funciona? Oi, Claro e Sky!

Por conta de trabalho ou estudos, assistir TV é algo que vem ficando de lado. Com isso, pagar planos de assinatura vira um gasto que pode ser eliminado.

Mas e quanto àquele programa que você adora assistir de vez em quando? Para esses casos, o indicado é a TV a cabo pré-paga, em que você economiza e ainda assiste o que gosta. Saiba como funciona a seguir!

Como funciona a TV a cabo pré-paga?

Assim como um plano de celular pré-pago, uma TV a cabo pré-paga necessita de um pagamento antecipado, como uma recarga, antes de ser usada/assistida.

Isso possibilita que o cliente contrate apenas aqueles canais que deseja assistir, ao contrário das assinaturas comuns que envolvem vários canais e um preço mais alto. E então, quando os créditos acabarem, basta recarregar para aproveitar novamente.

É a opção ideal para quem vive com a televisão desligada em casa, porque passa o dia fora ou porque não assiste mesmo. Mas quando chega a noite, deseja assistir seu futebol, luta, filmes, séries ou outro programa favorito em determinado canal. Evita também que você fique “passeando” por aquele mundo de canais sem nunca assistir nada. Quem nunca reclamou disso, afinal?

5 vantagens da TV a cabo pré-paga

  1. Você controla o gasto, investindo apenas quanto deseja usar;
  2. Menos burocracia na contratação do serviço com relação à planos de assinatura, sem qualquer contrato mensal ou plano fidelidade, nem multa, nem fatura;
  3. Não existe mudanças de preço, pois você é quem faz a recarga;
  4. Possui cancelamento simples, em que basta o cliente não fazer recarga para não ter acesso mais;
  5. Além dos canais contratados com sua recarga, você tem acesso livre aos canais abertos (Band, SBT, Globo e Record).

Operadoras de TV a cabo pré-paga

1. Sky

A Sky é uma das líderes de TV por assinatura no mercado. Eles também oferecem o Sky Pré-pago, anteriormente chamado de Sky Livre. O gasto inicial de antena e o equipamento receptor de sinal é necessário antes de contratar o plano pré-pago, que pode ser:

– Equipamento digital: R$48 reais;

– Equipamento HD: R$96 reais;

– Kit digital (antena e decodificador): R$96 reais;

– Kit HD (antena e decodificador): R$144 reais.

Quando você compra, estes equipamentos serão seus para sempre; nenhum técnico da Sky vem buscar depois se você parar de recarregar. E então, você compra os créditos. Existem os planos: Smart, Master e Advanced, com canais variando de 103 a 149; com recargas que vão de R$32,90 a R$104,90.

Tem também uma opção de anos de programação sem interrupção, com valores variando de R$288 a R$432 reais. Lembrando que os canais abertos são grátis. Saiba mais no site da Sky.

Você pode colocar mais créditos no seu aparelho em lotéricas, pelo telefone da operadora escolhida, em unidades físicas da operadora, também pelo site da operadora, ou até mesmo por meio de bancos. Também pode ser recarregada no Bradesco Expresso.

2. Oi

Antes de pagar pelo serviço pré-pago, você deve comprar uma antena mini-parabólica digital da própria Oi, a qual vai dar acesso aos canais em HD, abertos e pagos. A recarga pode ser feito pelo app da Minha Oi ou pelo número 10631. São algumas das recargas:

– De 15 em 15 dias:

Mix HD com 163 canais, sendo 57 HD. Em média, custa R$59,90;

Start HD com 125 canais, sendo 27 HD. Em média, custa R$44,90.

– De 30 em 30 dias:

Total HD com 185 canais. Em média, custa R$114,90;

Mix HD com 163 canais, sendo 57 HD. Em média, custa R$94,90;

Start HD com 125 canais, sendo 27 HD. Em média, custa R$69,90.

* Inclua também canais do Telecine e HBO nos planos Mix HD e Total HD por mais R$45 e R$35 reais, respectivamente.

3. Claro TV

Funciona igual às outras operadoras, em que é necessário comprar antes o kit de captação de sinal. Em média, antena, decodificador e controle remoto saem por R$300 reais em lojas parceiras da Claro (eles sugerem para você). E então, o cliente escolhe um plano ideal:

– Válido por 15 dias:

Light: +90 canais; em média, R$29,90;

Mix: +130 canais; em média, R$48,90;

Top: +150 canais; em média, R$69,90;

– Válido por 30 dias:

Inicial: +40 canais; em média, R$9,90;

Light: +90 canais; em média, R$49,90;

Mix: +130 canais; em média, R$79,90;

Top: +150 canais; em média, R$99,90.

Para recarregar seu Claro, efetue a recarga no site da operadora; ou ainda no app Minha Claro. Também pague em casas lotéricas, pontos de recarga da operadora pela cidade ou pelo número 10699.

E então, acha que vale a pena mesmo? Vai depender muito da sua frequência de ver televisão e, principalmente, da quantidade de canais que busca contratar. Antes de comparar preços, informe-se com cada operadora sobre as vantagens de cada um. Pesquise e faça uma boa escolha!